Perceber o DNA

O DNA é uma base fundamental para a existência de vida e está presente em todas as células do nosso corpo. 

O DNA é constituido por genes (que são "unidades de informação") e todas as nossas células têm o mesmo DNA, todavia os genes não se comportam da mesma forma em todas elas. Existem genes que são activados  e outros silenciados dependendo do tecido constituido por essas células. Por isso é que as células do olho são diferentes das células do cabelo.  Senão o nosso corpo era todo homogéneo.


Em relação ao desporto

Em tese, é sempre possível aproximar-mo-nos de um resultado, mesmo que não tenhamos essa prepotência genética (ou seja podemos emagrecer, mesmo que a nossa prepotência genética seja para engordar).

Hoje em dia, além da crescente informação quanto a determinados exercícios  para resultados específicos, também a suplementação está cada mais eficaz a promover esses mesmos resultados (juntamente com a alimentação). Portanto, é possível contrariar a nossa genética e mais, o DNA, cosoante o estilo de vida da pessoa (desde aquilo que faz até aquilo que come), grava essas alterações na sua base de informação (ou seja modifica-se). Isto é importante para a descência familiar, pois irão herdar um DNA, e cosoante o estilo de vida dos pais, poderá esse DNA  induzir ou não maior probabilidade  para certas capacidades físicas (nomeadamente ao nível do sistema músculo-esquelético).


O sistema musculo-esquelético é constituido por:

 - Tendões (constituidos por colagénio): são "cabos" não elásticos que ligam o osso ao músculo.

 - Ossos (constituidos por osteoclastos, osteoblastos, osteócitos e a matriz óssea): corresponde à arquitetura que dá suporte ao nosso corpo (senão teriamos de rastezar no chão)

 - Muscúlos (constituidos por actinas, miosinas, proteínas filamentosas, entre outras.): são tecidos contráteis.

 - Ligamentos (constituidos por colagénio): são "cordões" semelhantes aos tendões que ligam um osso a outro osso.


Conclusão:

O DNA é a informação base, que levará à produção de componentes (através de outros intervenientes) responsáveis pelo funcionamente das células que irão constituir cada um destes 4 tecidos do sistema muscular esquelético (tendões, ligamentos, ossos, músculo).

Uma estilo de vida desportivo e equilibrado leva a modificações no DNA, influenciado na performance desportiva ao nível do sistema músculo-esquelético, entre outros.



Notas: Este artigo não contém base científica comprava, é simplesmente uma generalização da área da génetica aplicada ao desporto.